Por que a maioria dos voos internacionais saem do Brasil à noite?

Por que a maioria dos voos internacionais saem do Brasil à noite?

Confira esse conteúdo em vídeo:

Você já conhece o nosso canal no Youtube? Toda semana temos vídeos novos com conceitos, curiosidades, temas do momento, tudo para você  aprender mais e se manter informado sobre o que acontece no mundo da logística e supply chain! Clique aqui e confira.

Você já se perguntou por que a maior parte dos voos internacionais saindo do Brasil acontecem a noite?

Isso é uma estratégia das empresas para melhorar e facilitar a distribuição dos passageiros no aeroporto de destino.

Os voos partindo do Brasil para a Europa, Estados Unidos, Oriente Médio, etc, geralmente vão para locais que são as cidades polos daquelas companhias aéreas. Por exemplo: A KLM voa para Amsterdam, Air France para Paris, Iberia para Madrid ou Barcelona, Emirates para Dubai, e assim sucessivamente.

Essas cidades polos funcionam como um Hub central da empresa, que concentram a maioria das saídas. Por isso o ideal é que o passageiro que vai do Brasil chegue logo pela manhã no hub e se tiver que fazer conexão para algum outro destino, dê tempo de pegar o avião tranquilamente. E se caso acontecer algum imprevisto, podem haver outros voos ao longo do dia que o passageiro pode ser encaixado, com isso evita de ter que virar a noite no aeroporto aguardando a conexão.

Fatos e dados sobre o assunto

Se você ainda não tinha reparado nisso, vou trazer um dado para você, em 2019, quando a aviação estava em uma situação mais regular, 59% dos voos internacionais partindo de Guarulhos saíram entre 18 horas e 6 da manhã. Se for considerar apenas os voos para fora da América do Sul, esse percentual sobe para 70%.

Um fator bom para quem está viajando a negócios é poder descansar a noite durante o voo, e chegar no destino pronto para reuniões. Ou no caso, se estiver viajando a lazer, já chega logo cedo no local de destino, e pode aproveitar o dia, afinal ninguém quer perder tempo em dólares ou Euros, não é mesmo? De qualquer forma, isso só dá certo se você conseguir dormir no voo. Eu já tive experiências de dormir o voo quase todo, e também já aconteceu de ficar ansioso para chegar e passar praticamente o voo todo acordado. Me diz aqui nos comentários se você consegue dormir bem no avião.

A performance do voo

Um outro fator que contribui para a decisão das empresas voarem a noite, é relacionado a performance. Os especialistas afirmam que os voos noturnos tem um pequeno ganho de performance, pois a noite geralmente as temperaturas são menores, o que facilita pousos e decolagens, e também menos possibilidade de turbulências. A diferença não é grande, não justificaria a alteração de um voo para esse horário somente por causa disso, mas já ajuda.

Resumindo

Bom, para resumir, a definição do horário dos voos faz parte da estratégia de cada companhia aérea. Não existe uma regra que exija que os voos saiam a noite, e como não é proibido, ainda temos cerca de 30% dos voos que saem ao longo do dia. Entretanto, de acordo com anos de experiência das empresas, já conseguiram entender que dessa forma funciona melhor para a logística, consolidando os passageiros nos hubs e tendo tempo para que eles peguem as conexões. Tudo vai do planejamento de rotas de voos de cada companhia.

E então, você já tinha reparado que os terminais internacionais ficam mais movimentados a noite?