E se um avião cair em seu armazém?

E se um avião cair em seu armazém?

Acidente-avião E se um avião cair em seu armazém?

Na última quinta-feira, um avião F16 caiu em um armazém de uma empresa nos EUA. 12 pessoas ficaram feridas no acidente, além do piloto, que ejetou antes da queda.

O local está interditado para remoção do veículo e investigação federal. Não há previsão para liberação.

Apesar de um acidente como esse ser raro, outros tipos de sinistros (como incêndios, enchentes, desabamentos etc.) podem acontecer e atrapalhar uma operação logística.

Algumas dicas para reduzir os impactos de um sinistro como esse:

– Treinamento da equipe para evacuação em situações de emergência;

– Manutenção preventiva das instalações físicas (alarmes, sprinklers, geradores, telhados e forros, mezaninos, etc.);

– Manter a apólice de seguro sempre em dia;

– Plano de gestão de crise, com detalhamento de quais ações seriam tomadas e quais são os responsáveis pelas mesmas, para agilizar a resposta e reduzir o tempo de operação parada;

– É bom o gestor estar de olho no mercado e ter a informação de outros armazéns disponíveis na região, que possam atender, mesmo que temporariamente, a operação.

Gostaram das dicas? A sua empresa tem um plano de gestão de risco?

Comente aqui outras ações que podem ajudar a minimizar o impacto de um sinistro em armazém.

_______________________________

Toda sexta feira os leitores cadastrados na Lista Vip recebem o Lognews, um resumo com as principais notícias de logística, do Brasil e do mundo, que foram destaque na semana.

Não perca tempo, inscreva-se agora e fique mais informado sobre o mundo da logística.

Você já me segue no Linkedin? Estou sempre publicando novos textos por lá com análises de temas importantes e novos conceitos. Clique aqui para ver meu perfil.